Síndrome do dinheiro na conta!

sindrome_do_dinheiro_na_conta

Você é daquelas pessoas que sofrem quando tem dinheiro na conta?

Como assim?! Pode acreditar!
Existem pessoas que enquanto possuem algum dinheiro na conta vão gastando sem medidas, sem controle e sem critério. Acreditam que pelo fato de possuir algum valor por lá (na conta corrente) podem usá-lo sem muita avaliação e até mesmo sem respeito!

Por falta de planejamento, objetivo, sonho ou direção, aquele dinheiro que está ali vai servir para qualquer coisa que aparecer para comprar ou gastar: do cafezinho ao smartphone novo dividido em 12 parcelas!

E essa é uma das grandes armadilhas da falta de planejamento e controle financeiro – gastar sem critério!

Algumas pessoas não conseguem lidar com essa realidade justamente por não possuir um propósito bem definido para seu futuro financeiro, seja realizar uma viagem ou construir um patrimônio.

Então, o que acontece?
Com a desculpa de querer viver o momento, não se preocupam com o futuro.
Com a desculpa de que dinheiro é feito para gastar, não se percebem consumistas, compulsivas.

Mas, então devo deixar de aproveitar a vida? Devo viver contando moedas e fazendo questão dos menores valores?

Não foi isso que eu disse. Não precisa sair cortando todos os gastos, saídas, diversões até pensar em cortar os pulsos!
Calma lá!

A reflexão que trago aqui é a de que é preciso ter respeito com o dinheiro que você ganha e valorizar suas conquistas financeiras. É preciso dar nome ao seu dinheiro para que ele não saia por aí com o primeiro gasto ou tentação de consumo que aparecer a sua frente. Sem nome e sem documento seu dinheiro atenderá ao primeiro chamado que escutar.
Por outro lado, ao estabelecer um direcionamento financeiro para cada um de seus objetivos e seus sonhos você ganha determinação para resistir aos diversos apelos de consumo que aparecem a todo momento, todo dia!

Então vamos colocar a mão na massa?

Seguem 3 dicas importantes para você terminar e iniciar o mês com o dinheiro na conta e melhor ainda direcioná-lo para a conquista de seus sonhos: 

1. Reavalie todo o seu orçamento – faça uma lista de cada conta e cada compromisso financeiro que você possui ao longo do mês;

2. Classifique-os em indispensáveis (aqueles que você não tem controle sobre valor e vencimento como aluguel, condomínio, mensalidade de colégio dos filhos), controláveis (aqueles em que você não tem controle sobre vencimento mas tem um mínimo de controle sobre valor, economizando no consumo como contas de luz, telefone) e supérfluos (aqueles que você pode viver sem eles durante algum tempo de sua vida – saídas a restaurantes, baladas, viagens, lanches diários na rua etc. Sim, é preciso cortá-los por um período para conseguir se organizar financeiramente);

3. Agora, organize novamente suas contas com base na classificação acima. Surpreenda-se com participação dos valores de gastos supérfluos em seu orçamento e com sua conta corrente virando o mês no azul!

Entender os riscos e os impactos que a falta de planejamento e direcionamento financeiro ocasionam em sua vida também faz parte do processo.

Você já experimentou a sensação de estar sempre sem dinheiro para fazer o que gosta?

Já imaginou não poder aproveitar uma oportunidade simplesmente porque não se preparou financeiramente ou ainda não poder tomar uma decisão importante como mudar de carreira, investir num negócio próprio simplesmente porque não conta com uma reserva financeira que lhe dê o suporte necessário?

É preciso incluir as decisões financeiras em seu dia a dia e promover sua organização e seu crescimento como pessoa e como profissional. E com isso poder desfrutar no futuro do resultado de um planejamento financeiro bem feito.

Experimente por pelo menos 3 meses seguir o novo orçamento e direcionar os valores gastos com supérfluos para a realização de seus propósitos!

Se precisar de ajuda para esse movimento, pode contar conosco nessa empreitada!
Mande um e-mail para mjferes@sommosconsultoria.com.br e vamos conversar!

Maria José Fróes Feres
Sócia Consultora da Sommos Consultoria Financeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *